Colar com Borboleta Estilizada e Pérola Artificial - Símbolo da Alma/Libertação/Mudança - Metal - Prateado - Importada - Aroma & Magia
  Carregando... Por favor, aguarde...
Contate-nos por e-mail!
Aroma & Magia

Colar com Borboleta Estilizada e Pérola Artificial - Símbolo da Alma/Libertação/Mudança - Metal - Prateado - Importada

  • Imagem 1

Preço:
R$ 9,99
Duvida:
Entrega:
Quantidade:

Descrição do Produto

A Borboleta é tida como o Símbolo da Alma.

A palavra "borboleta" está diretamente relacionada à palavra "psicologia", o que mostra uma estreita relação entre a mente do homem e a sua natureza espiritual.

O termo grego psyche tinha originalmente dois significados.

O primeiro deles é ‘alma’, isto é, a mais profunda fonte de vida no homem.

O segundo era borboleta, que simbolizava espírito imortal.

Na mitologia grega a personificação da alma (Psiquê) era geralmente representada por uma figura feminina, mais menina do que mulher, com asas de borboleta.

As crenças gregas populares concebiam a alma como uma borboleta, quando o espírito se desgarrava de um corpo, ele tomava a forma de uma borboleta.
 
Portanto na simbologia "borboleta" significa: transformação, alma, libertação, sorte, sensualidade, psiquê.

No Japão, a borboleta está associada à mulher.

E duas borboletas indicam felicidade matrimonial.
 
A palavra borboleta é especial e única até mesmo em sua escrita, não é a toa que ela é recordista em variações, isto é, possui uma grafia praticamente diferente em cada idioma.  

A borboleta é o símbolo da Alma, pois da mesma forma que abandona a crisálida para voar, o espírito liberta-se do corpo físico para ganhar espaço infinito.

Representa também o renascimento e a imortalidade.

Também está associada à mulher, a metamorfose de seu ovo para lagarta e depois para crisálida e borboleta.

Indica as etapas da alma para a iluminação.

O poder da borboleta é como o ar, é a habilidade de conhecer a mente e de mudá-la, é a arte da transformação…

Como a borboleta, estamos sempre em algum estágio de atividade: podemos estar no primeiro estágio, onde a ideia nasce, mas ainda não é uma realidade, é o estágio do ovo, o ponto de criação de uma ideia; o segundo estágio, da larva, é onde temos que tomar uma decisão; o terceiro estágio, do casulo, é o desenvolvimento do projeto, é fazer para realizar;  o estágio final, a transformação, é deixar o casulo e voar, é a realização!

A principal mensagem é: Criar, transformar, mudar e ter coragem para aceitar!

Primeiro estágio - quando a ideia nasce (a de iniciarmos o Caminho), que ainda não é uma realidade, ….. este é o estágio do ovo,……. o ponto de criação de uma ideia;

Segundo estágio - quando chegamos ao momento de tomar a decisão de qual Caminho escolher e colocar o pé no primeiro degrau …. este é o estágio da larva;

Terceiro estágio - Escolhido o Caminho que desejamos seguir é necessário tudo fazer para realizar o projecto, este é o estágio do casulo;

Quarto estágio, o Final – é o da transformação,… é deixar o casulo e voar,…. é a realização!

Moral de toda esta simbologia:

De uma feia larva surge uma linda Borboleta, cujo objetivo foi – Criar. Transformar. Mudar. Ter coragem de aceitar.

Todos nós somos Borboletas, mais cedo ou mais tarde tomaremos consciência de quem somos e ganharemos a coragem necessária para romper o nosso casulo e deixar que nossas belas asas coloridas brilhem no Sol da espiritualidade.
Que esse dia chegue o quanto antes, para cada um de nós.

A borboleta é considerada um símbolo de ligeireza e de inconstância, de transformação e de um novo começo.

A psicanálise moderna vê na borboleta um símbolo de renascimento.

No Japão a borboleta é um emblema da mulher, por ser graciosa e ligeira.

A felicidade matrimonial é representada por duas borboletas (masculino e feminino, assim como o yin e yang).

Essas imagens são muitas vezes utilizadas em casamentos.

Também são vistas como espíritos viajantes que anunciam a morte de uma pessoa próxima quando aparecem.

O termo grego psyche tinha dois significados originalmente. Um deles era alma e o outro borboleta, que simbolizava o espírito imortal. Na mitologia grega, a personificação da alma é representada por uma mulher com asas de borboleta. Segundo as crenças gregas populares, quando alguém morria, o espírito saia do corpo com uma forma de borboleta.

No mito do imortal jardineiro (Yuan-ko), sua bela esposa ensina o segredo dos bichos-da-seda, sendo ela própria, talvez, um bicho-da-seda.

No mundo sino-vietnamita a borboleta serve para exprimir um voto de longevidade ou é associada ao crisântemo pra simbolizar o outono.

Um conto irlandês chamado Corte de Etain simboliza a borboleta como a alma liberta de seu invólucro carnal, como na simbologia cristã. No conto o deus Miter se casa pela segunda vez com uma deusa chamada Etain, e por ciúmes, sua primeira esposa, transforma-a em uma poça de água. Após algum tempo, a poça dá vida a uma lagarta que se transforma em uma linda borboleta. Mider e Engus (filho de Dagda) recolhem a lagarta e a protegem. "E essa lagarta se torna em seguida uma borboleta púrpura.(...) era a mais bela que já ouve no mundo. O som de sua voz e o bater de suas asas eram mais doces que as gaitas de foles, as harpas e os cornos. Seus olhos brilhavam como pedras preciosas na obscuridade. Seu odor e seu perfume faziam passar a fome e a sede a quem quer que estivesse cerca dela. As gotículas que ela lançava de suas asas curavam todo o mal, toda doença e toda peste na casa daquele de quem ela se aproximava. O simbolismo é o da borboleta, o da alma liberta de seu invólucro carnal, como na simbologia cristã, e transformada em benfeitora e bem-aventurada."

Os astecas consideram a borboleta como um símbolo da alma, ou o sopro vital que escapa da boca de quem está morrendo.

Os balubas no Zaire central também simbolizam a borboleta como a alma. Eles dizem que o homem segue o ciclo da borboleta desde sua nascença até sua morte. O homem na infância é comparado a uma pequena lagarta e na maturidade, uma grande lagarta. Conforme vai envelhecendo, ele vai se transformando em uma crisálida. O seu túmulo seria associado ao casulo, de onde a alma sairá sob a forma de uma borboleta.

Os iranianos acreditam que os defuntos podem aparecer sobre a forma de uma mariposa.

Para os mexicanos, os guerreiros mortos acompanham o Sol na primeira metade do seu curto visível, até o meio-dia. Depois os guerreiros descem à terra sob a forma de borboletas ou colibris. Essa associação se deve ao fato da analogia da borboleta com a chama. O deus do fogo asteca (HUEHUETEOTL) levava como emblema um peitoral chamado borboleta de obsidiana. Também é o símbolo do sol negro, pois atravessa o mundo subterrâneo durante seu curso. É o fogo oculto, ligado à noção de sacrifício, morte e ressurreição.

Nas tradições antigas, este inseto simbolizava a alma e a atração inconsciente exercida pela luz (o espírito).

Para que você se decida rapidamente por querê-la para você, apresentamos acima algumas das características e simbologia da borboleta.

A peça que apresentamos, é mais uma escolhidas a dedo, garantindo assim produtos exclusivos e diferenciados.

Com dimensões aproximadas o colar possui 25 cm de comprimento (fechada) x 1 cm de largura (da pérola) e 0,01 cm de profundidade (pela borboleta e seus pequeninos cristais), unifacial, em tom prateado, assim como a corrente que possui 23 cm fechada (aberta possui 46 cm).

Material: metal pintado em tom prateado, dando um toque de delicadeza à essa peça importada a pequenina pérola onde a borboleta está pousada, podendo apresentar variação de cor na foto, devido ao flash.

Aja com sabedoria e este lindo colar será seu, pois como é uma peça importada não temos previsão de reposição desses colares, possuindo apenas 3 unidades em nosso estoque físico.

Produto importado!

Deixe seu comentário sobre o produto

Comentários sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!


Aroma & Magia
Televendas:
info@aromaemagia.com.br
Horário de Atendimento:
24 Horas no Ar!
 

São Paulo - Capital - Não Possuímos Loja Física