Chaveiro Estilo Cadeado - Lâmpada de Aladim com Pedras Transparentes - Prateado - Aroma & Magia
  Carregando... Por favor, aguarde...
Contate-nos por e-mail!
Aroma & Magia

Chaveiro Estilo Cadeado - Lâmpada de Aladim com Pedras Transparentes - Prateado

  • Imagem 1

Preço:
R$ 19,98
Duvida:
Entrega:
Quantidade:

Descrição do Produto

Aladim ou Aladino/Alladin (em árabe علاء الدين que significa, literalmente "nobreza da fé") é um personagem fictício do conto de origem árabe conhecido como Aladim e a Lâmpada Maravilhosa.
O conto de Aladim é um dos mais famosos da coletânea árabe As Mil e Uma Noites.
Sabe-se, porém, que a história foi acrescentada à coletânea pelo orientalista francês Antoine Galland, responsável pela tradução que popularizou a obra no Ocidente.
Segundo Antoine Galland, primeiro editor das Mil e Uma Noites, foi um contador de histórias chamado Hanna Diab, um maronita de Alepo, que narrou-lhe o conto de Aladim e a Lâmpada Maravilhosa em sua casa, em 1709. Só no século XVIII a narrativa passou a constar nos manuscritos árabes das Mil e Uma Noites.
A origem do conto é difícil de datar pela falta de elementos no texto que ajudem a situar a ação.
Segundo o estudioso René R. Khawam, é possível que o conto tenha origem na segunda metade do século XI, entre a história de Simbad (fins do século VIII) e as Mil e Uma Noites (compiladas em árabe a partir do século XIII).
Outros supõem uma origem ainda mais antiga, como E. Gáll, que encontrou paralelos com histórias contidas em papiros da Antiguidade helenística e romana do Egito e com a prática do roubo de tumbas egípcias, o que o fez propor que a história poderia ter-se originado no século VII, após a conquista árabe do Egito.
Ainda outros autores creem que o conto de Aladim contém muitos elementos europeus - introduzidos na versão de Galland - e que as versões árabes, inclusive as folclóricas, seriam baseadas nesta.
Aladim é nascido na China, entendido na Idade Média árabe como a parte da Rota da Seda que compreendia a região do Quirguistão e Sinkiang (no noroeste da atual China).
O conto possui diversas edições, mas a maioria delas preserva o teor central do enredo.
Na versão do francês Antoine Galland, que inspirou as variadas traduções nos diferentes idiomas no Ocidente, o protagonista Aladim é descrito como um jovem adolescente que se recusa a aprender o ofício do pai, que é alfaiate, sendo descrito por sua mãe como imaturo, "esquecido que não é mais criança".
Mesmo depois da morte do pai, quando tinha quinze anos, ele não se modifica – é travesso e prefere brincar a trabalhar.
Por este motivo, é também descrito como mau e desobediente.
Aladim mantém-se despreocupado com uma definição para sua vida até ter um encontro com um feiticeiro ou mágico, que o procurava.
Este encontro foi determinante para modificar sua trajetória.
O mago, possuidor de muitos poderes e capaz de realizar muitos feitos, procura Aladim como um auxiliar eficaz para concretização de uma meta específica – obter uma "lâmpada maravilhosa", uma lamparina semelhante àquelas utilizadas na iluminação doméstica, mas que continha um "gênio" (em árabe djin) que a habitava e que era capaz de realizar todo e qualquer desejo a ele dirigido.
A lamparina com o gênio era para o mago um recurso mágico que lhe daria mais poderes e que lhe permitiria realizar os desejos irrestritamente; mas ela estava guardada no interior de um jardim encantado, em uma espécie de gruta ou caverna, que continha muitas jóias e moedas de ouro.
O mago pede a Aladim que entre na caverna misteriosa para retirar de lá a lâmpada e, em troca, lhe oferece uma fortuna.
Aladim entra na caverna e pega a lâmpada, mas o mago tenta ludibriá-lo na saída da gruta, e ele acaba preso na caverna com a lâmpada.
O gênio que habitava a lâmpada se manifesta após um gesto acidental de esfregá-la, e concede a Aladim a realização de seus pedidos, que são todos consumados.
Um dos desejos de Aladim foi o de se tornar um príncipe e desposar a princesa, filha do sultão.
Ao transformar radicalmente sua realidade pessoal tornando-se príncipe, transforma-se em adulto, casa-se e passa a ser o governador de seu reino.
Bem, contamos essa história que muitos já conhecem para apresentar nosso Chaveiro Estilo Cadeado - Lâmpada de Aladim com Pedras Transparentes - Prateado que, se não contiver o gênio, pelo menos terá a beleza única de uma peça que trouxemos para um de nossos amigos, que conhece bem nossos produtos exclusivos, podendo presentear-se ou presentear quem gosta de maneira única.
Peça única em nosso estoque, confeccionada em metal na cor prateado (com detalhes em prata envelhecida) e pequenos cristais transparentes dando-lhe um charme irresistível, aliado ao delicado "mosquetinho" que segura o chaveiro, em forma de cadeado que só abre apertando uma de suas laterais, para a colocação de suas chaves.
Com dimensões aproximadas de 12,5 cm de altura x 4 de largura (devido ao à alça e o bico da lâmpada - no estilo jarro) e 2 cm de profundidade (pela base da lâmpada) com pedras na parte da frente e atrás, nas mesmas posições apresentadas na foto e de metal maciço em tom de prata envelhecida.
Produto importado e única peça em nosso estoque!

Deixe seu comentário sobre o produto

Comentários sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!

Últimos Visualizados por você:

Os últimos produtos visualizados:


Aroma & Magia
Televendas:
info@aromaemagia.com.br
Horário de Atendimento:
24 Horas no Ar!
 

São Paulo - Capital - Não Possuímos Loja Física